LOGO 2 BLOG







Aécio arrecada R$ 120 milhões no 1º turno


Aécio Neves (PSDB) arrecadou R$ 120 milhões no primeiro turno da eleição presidencial, segundo José Gregori, tesoureiro da campanha tucana. O valor indica que, no último mês de campanha - entre o início de setembro e 5 de outubro, dia da votação -, o tucano conseguiu turbinar a captação de recursos em quase 70%. Até o fim de agosto, Aécio havia conseguido obter R$ 42 millhões em doações, de acordo com os dados apresentados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e tabulados pela reportagem. Nesse período, os princpiais doadores foram a construtora Andrade Gutierrez (R$ 12,2 milhões), o frigorífico JBS (R$ 5 milhões) e o banco Itaú (R$ 2 milhões). Em setembro, Aécio começou a mostrar recuperação nas pesquisas de intenção de voto, após ter atingido o piso de 14% em 28 a 29 de agosto, 20 pontos atrás de Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PSB), segundo o Datafolha. Segundo Gregori, os setores econômicos das empresas que mais contribuíram entre setembro e outubro foram os mesmos.O tesoureiro afirma, entretanto, que as doações de valores relativamente pequenos chamou a atenção. "[Há] muita miudeza, [de pessoas físicas] ou de firmas pequenas. Tem doações de R$ 1.000. Demonstra um engajamento [do eleitor com a campanha]", diz, em entrevista ao iG. Gregori considera que o valor arrecadado até agora está dentro do esperado, e argumenta que a expectativa é obter recursos suficientes para uma campanha "que faz o essencial, sem nenhuma megalomania." Candidata à reeleição, Dilma fez um caixa maior que o tucano no primeiro turno. Sua equipe de campanha não prestou dados até o dia 5 de outubro. Mas, até o final de agosto, os dados do TSE apontam para uma arrecadação total de R$ 184 milhões. A JBS deu R$ 15 milhões à campanha petista, e a construtora OAS, R$ 11 milhões. (iG)

Comente com o Facebook:

Postar um comentário

0 Comentários