LOGO 2 BLOG






Botijão de gás fica mais caro em todo Brasil a partir de hoje (01)




Cozinhar, fritar ou assar vai ficar mais caro a partir desta terça-feira, 1º, para milhares de donas de casa de todo o Brasil. Tudo por conta do aumento 15% no preço do gás de cozinha, vendido em botijões de 13 quilos, segundo o Sindicato das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de petróleo (Sindigás). A alta para os consumidores será de R$ 6,90 por botijão, passando dos atuais R$ 46 para R$ 52,90
Segundo o presidente do Sindicato dos Revendedores de Gás, Edgar Moura, afirma que o aumento cobre gastos acumulados. "O aumento no preço do gás é feito anualmente e cobre os custos logísticos, de funcionários e do reajuste inflacionário". Moura dá dica para os consumidores economizarem. "Diante desse reajuste, os consumidores devem aproveitar a ampla concorrência para conseguir descontos na hora da compra. Vale a pena a boa e velha cotação antes de comprar", sugere.
E desconto virou a palavra de ordem para milhares de consumidores, como Dulcimaria Barbosa, que com o aumento do gás utilizará menos o fogão para esquentar os alimentos e dará vez ao micro-ondas na hora de deixar o rango quentinho. "Com esse aumentou vou deixar de esquentar comida no fogão e usar o micro-ondas. É mais rápido e economiza mais, pois não precisa esperar a panela esquentar" garante Dulcimaria. Para economizar vale tudo, de pechincha com vendedor a compra de vales gás, que são mais baratos.


Evite micro-ondas

Mesmo com o reajuste, o economista Carlos Cardoso, da agência Azimut, afirma que o produto ainda é a melhor opção para a dona de casa.
"Apesar do aumento, o gás ainda continua sendo a melhor opção. Diferente da gasolina, que podemos substituir pelo álcool em carros flex e da carne que podemos trocar pelo frango, o gás não tem substituto à altura. Se optar pelo forno elétrico e micro-ondas, o consumidor irá gastar mais, pois o reajuste na energia é maior do que o gás. Podemos comparar esse aumento a utilização do chuveiro elétrico e a gás, quem tem em casa sabe que a diferença de um gasto do chuveiro a gás para um elétrico é gritante. O jeito será economizar na utilização para adequar o orçamento", disse Cardoso. [A TARDE]

Comente com o Facebook:

Postar um comentário

0 Comentários