LOGO 2 BLOG







Mulher natural de Central, suspeita de sequestro, é presa e levada para São Paulo


                             Mulher-natural-de-Central-suspeita-de-sequestro-presa-e-levada-para-So-Paulo

Através de um mandado de prisão oriundo do estado de São Paulo, a Polícia Civil de Central, composta pelo delegado Heloísio Sandro Lacerda e o EPC Jonas, prendeu uma mulher identificada como Eloiza Elene de Souza Marques, de 26 anos, natural de Central.

Ela é residente do bairro ‘Barreirão’, em Central, mas no momento que foi detida, estava na casa da sogra, localizada na Rua Capim Grosso, bairro Bradesco, em Irecê. Segundo o coordenador da 14ª Coorpin, o delegado Roberto Leal, Eloiza é suspeita de ter participado de um sequestro em que foi vítima João Henrique Andrade, de 32 anos, filho do prefeito da cidade de Pitangueiras, região de Ribeirão Preto, interior de São Paulo.

Ainda de acordo com Leal, a centralense seria responsável pelo cativeiro. ‘Elene é comparsa de Diones, indivíduo que foi morto recentemente no distrito de Soares, em América Dourada. Diones que tinha um mandado de prisão por homicídio e era um indivíduo contumaz na vida do crime. Ele acabou morrendo em uma troca de tiros com a polícia’, disse o coordenador da 14ª Coorpin, Roberto Leal, a reportagem do Central Notícia.

O sequestro

O empresário João Henrique Andrade, de 32 anos, havia sido sequestrado em um fim de semana em Pitangueiras (SP), precisamente no dia 28 de março de 2015, e encontrado na tarde de quarta-feira (1º), na Rodovia Comendador Pedro Monteleone, entre Bebedouro (SP) e Pirangi (SP). João Henrique é filho do prefeito de Pitangueiras, João Andrade (PSDB), e havia sido levado por um grupo no sábado (28) quando saía de uma festa com a namorada.

Na Delegacia Regional de Polícia de Irecê, a acusada nega qualquer participação no sequestro do filho do prefeito de Pitangueiras, no entanto disse à autoridade policial que tinha um envolvimento com Diones – outro que estava sendo investigado.

Conforme a polícia, Eloiza tem um filho com Alisson Abade, o ‘Galeguinho do Bradesco’ que atualmente está detido em uma das celas do Complexo Policial de Irecê. Alisson já tinha sido preso em Central por ameaça e suspeito de espancar a própria Eloiza, com quem convivia na época.

No facebook, ela usava o pseudônimo de Karolainy Abade Marques, talvez uma forma encontrada para querer despistar a polícia. Elena foi recambiada de avião na manhã deste domingo (06) para cidade de Pitangueiras (SP), onde fica ficar detida à disposição da justiça na Delegacia de Anti sequestro. (Informações de Central Notícia) (Fonte: Caraíbas Fm)

                             
                                                 
                                                      


Comente com o Facebook:

Postar um comentário

0 Comentários