LOGO 2 BLOG






Delegado Henrique Lustosa fala sobre novas instalações da Depol de Utinga



Uma equipe de engenheiros enviados pela Secretaria de Segurança Pública/BA esteve com o Delegado Bel. Henrique Lustosa para tratar de assuntos relacionados a interdição da carceragem da Delegacia de Utinga, quando na oportunidade foi feito o levantamento de um novo local para a Depol. Como trata-se de procedimento de licitações e outra procedimentos legais a SSP solicitou apoio de poder público municipal. O Bel. Henrique Lustosa encaminhou ofício ao prefeito de Utinga, Alberto Muniz, solicitando apoio. A autoridade policial também lembrou que o prefeito na reunião sobre violência com a CDL e demais entidades de segurança citou a possibilidade de união no local onde funciona as instalações da CIPPA e CAATINGA. De acordo com o Delegado, em conversa anteriores foi vista a possibilidade deste local.


A solicitação do Delegado foi atendida pelo prefeito e, será reformado a parte superior para os militares e na parte de baixo com sala de espera, cartório, um quarto de descanso da policia civil, a sala do delegado e carceragem com apenas detidos de Utinga, nos termos das leis vigentes. Esclarecendo, a autoridade policial informa que após fim da carceragem, a policia civil conseguiu aumentar o número de procedimentos ao fórum de Utinga, melhorando as investigações. Segundo Henrique Lustosa, está comprovado em estatísticas de 2015/2016, com preso até  maio tivemos 9 procedimentos em 2015. Já em 2016, sem presos na carceragem, tivemos 25 procedimentos enviados.

"A luta pela nova Depol no futuro vai continuar, mas por enquanto tenho que agradecer este espaço, pois a atual Depol apresenta graves problemas elétricos, grades caindo, parede de adobão cedendo, cupim comendo o teto, chão da Depol infiltrando  com risco de desabar. Peço que não julguem como ato politico, temos que unir a população, inclusive também para serem testemunhas para resolução dos crimes e, com esse novo espaço o trabalho fica mais motivado." - Afirmou o Delegado. (Blog do Léo Barbosa)



Comente com o Facebook:

Postar um comentário

0 Comentários