LOGO 2 BLOG







Barra da Estiva: Jovem tem cortes e hematomas no rosto após ser agredida



De acordo com irmã da vítima, agressões aconteceram na noite de domingo (25), em Barra da Estiva. Caso foi registrado na delegacia e, até esta terça-feira (27), suspeito ainda não havia sido preso.


Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução: G1 Bahia

Uma jovem de 22 anos, identificada como Vanessa Moura Alves, teve hematomas e cortes no rosto após sofrer uma agressão na noite de domingo (25) em Barra da Estiva, a cerca de 486 Km de Salvador.

A irmã da vítima disse ao G1 que o suspeito pela agressão é um amigo da família e aparentava estar sob efeito de álcool e agitado. O caso foi registrado na delegacia do município. Nesta terça-feira (27), o suspeito ainda não havia sido encontrado pela polícia.

Por causa da agressão, Vanessa foi encaminhada para o Hospital Susy Zanfretta, em Barra da Estiva. Além dos hematomas, ela precisou levar 20 pontos na região da testa. O nariz da vítima sofreu grave hemorragia. Ela teve alta na tarde de segunda-feira (26).

De acordo com Andressa Moura Alves, irmã da vítima, Vanessa chegou na casa do suspeito, em que estava acontecendo uma confraternização. Ao chegar no local, a vítima começou a ser agredida.

“Ele já chegou chutando ela [Vanessa]. Ela pediu a ele para parar, que estava sentindo dor. Ele puxou o cabelo dela e começou a xingar ela. Ela [Vanessa] deu um tapa na cara dele. Então, ele foi dentro da casa e voltou, e quando voltou, ele pegou uma mesa de plástico com toda força e jogou nela. Ela caiu e não conseguiu levantar, ficou desacordada”, relata Andressa, irmã da vítima.

Ainda segundo Andressa, o suspeito pelo crime é um amigo próximo da família e que costumava frequentar a casa da vítima há alguns anos. Ela conta que não entende ele ter agredido Vanessa.

"Ele era um amigo, vivia dentro da nossa casa, desde muitos anos. Tinha amizade com a gente, ninguém sabe explicar o motivo, porque ele fez isso. Ela chegou, falou com todo mundo, quando ele [suspeito] viu ela, já chegou agredindo", conta.


 Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução: G1 Bahia

Durante a agressão, Vanessa tentou se defender e deu um tapa no rosto do suspeito. Por conta disso, o suspeito chegou a ameaçar a vítima, como relata a irmã.

“Depois que ela deu um tapa nele, ele voltou e disse que ela iria se arrepender de ter ter dado o tapa, que não iria ficar de graça”, disse.

Ainda segundo Andressa, o suspeito fugiu do local após as outras pessoas que estavam na confraternização prestarem atendimento a Vanessa, que estava desacordada. Ainda não há informações sobre o paradeiro do suspeito. O caso foi registrado na delegacia de Barra da Estiva.

“A gente espera que a justiça seja feita, que ele pague por isso, e que não fique impune”, conclui Andressa.

Fonte: G1 Bahia


Comente com o Facebook:

Postar um comentário

0 Comentários