LOGO 2 BLOG







Mesmo rejeitada pela comissão, Lira diz que PEC do voto impresso será analisada no plenário da Câmara

Imagem: Najara Araújo/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), anunciou nesta sexta-feira (6) que a PEC do voto impresso vai ser votada pelo plenário da casa, mesmo o texto tendo sido rejeitado pela comissão especial que o analisou. 

"O voto impresso está pautando o Brasil. Não é justo com o país e com o que a Câmara dos Deputados tem feito para enfrentar os grandes problemas do Brasil desde que assumi a presidência dessa Casa", afirmou Lira, em pronunciamento.

Ele afirmou que tomou a decisão "pela tranquilidade das próximas eleições". "Vamos levar sim a questão do voto impresso para plenário, onde todos os parlamentares eleitos legitimamente pelo voto eletrônico vão decidir"

O projeto foi rejeitado ontem pela comissão especial, por 23 votos a 11, depois de parecer favorável do relator Filipe Barros (PSL-PR).

Esse colegiado tem previsão de se reunir hoje para votar um parecer contrário à PEC, o que é praxe. Sempre que um parecer é rejeitado, um novo relator produz um texto contrário para análise da comissão. O novo parecer será feito pelo deputado Raul Henry (MDB-PE).

Mesmo com a derrota no colegiado, o presidente da Câmara pode levar um projeto ao plenário, porque a comissão especial não faz uma análise definitiva, não podendo arquivar um projeto. 


Comente com o Facebook:

Postar um comentário

0 Comentários