LOGO 2 BLOG







Soteropolitanos poderão utilizar aplicativo para acompanhar itinerário de ônibus

ACM Neto entregou ônibus nesta segunda | Foto: Max Haack / Agecom

Os usuários de ônibus de Salvador já podem baixar o aplicativo SIU Mobile SSA, que informa sobre as linhas que cortam a capital baiana. Com isso, os passageiros poderão diminuir o tempo de permanência nos pontos. As mesmas informações serão disponibilizadas em totens espalhados em pontos diversos da cidade, um já está em funcionamento no último ponto da Avenida Mario Leal Ferreira (Bonocô), sentido Iguatemi e também serão instalados no Rio Vermelho, em frente ao Mercado do Peixe, e na Avenida Luis Viana Filho (Paralela), sentido Aeroporto, logo após a entrada do Imbuí. Cerca de 30% da frota estão disponíveis para visualização da ferramenta e deve chegar a 100% em abril. O prefeito ACM Neto e o secretário de Urbanismo e Transporte, Fábio Mota, entregaram nesta segunda-feira (29), no estacionamento da Arena Fonte Nova, 300 novos ônibus decorrentes da licitação do transporte público de Salvador. Os coletivos são parte dos 700 novos veículos que chegarão às ruas da cidade até o final de janeiro. Eles vão substituir parte da antiga frota, cuja idade média de uso, até então, é de oito anos. Com os novos veículos, a média será de três anos e meio. Todos os ônibus são adaptados para atender pessoas com deficiência e terão a entrada de passageiros pela dianteira, invertendo o funcionamento atual do sistema, onde os usuários têm acesso pela parte traseira. O secretário Fábio Mota acrescentou que o monitoramento facilitará o cumprimento da pontualidade dos itinerários e que a entrada dos passageiros pela dianteira atende a uma exigência da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). “Com a entrada pela dianteira, o motorista e cobrador ficam muito mais visíveis, o que inibe a marginalidade. Salvador é a única cidade do país, entre todas de médio e grande porte, que possui a entrada pela traseira. E através do GPS, será possível acompanhar o itinerário dos coletivos e permitir aos usuários informações através de aplicativo de celular e totens”, afirma o secretário.

Comente com o Facebook:

Postar um comentário

0 Comentários