LOGO 2 BLOG






Animal com corpo de bovino e cabeça de equino chama atenção na Bahia


Uma vaca deu a luz a um filhote com um tanto indeciso em Conceição do Almeida-BA. Segundo Junior Caldas, dono da Fazenda Eucaliptos, o gado nasceu de uma vaca; possui comportamento de vaca, mas orelhas de jegue.

Qual definição devemos usar para chamar essa anomalia que hoje é mascote da Fazenda Eucaliptos? Vaca-jegue, ou jegue-vaca? Enfim, Coelhinha é como o fazendeiro prefere chamar nessa definição. Ela nasceu em situação inusitada, apresentando diferença bizarra que desperta curiosidade e estudo de especialistas. Mas, como entender?
Jegue 'Furão' teria cruzado com uma vaca que deu à luz 'Coelhinha' (Foto: Reprodução/ TV Bahia)

Segundo Junior Caldas, a única justificativa dada pelo vaqueiro ‘Dium’ é: “era que nós tínhamos um jegue lá, o nome dele era Furão, e o danado num aguentava vê fêmea nenhuma. Chegava perto queria namorar com todo mundo, era vaca, era égua, era jegue. Era um danado”.

E, assim, os curiosos alegam que esse é o resultado do cruzamento de um jegue com uma vaca. Porém, estudos ainda andam sendo feitos para verificar sobre a possibilidade se haver condições propicias para ter acontecido esse cruzamento.

Segundo um especialista que visitou a fazenda de Junior, existe a possibilidade de haver o cruzamento de um jumento com uma vaca, mas talvez não há possibilidade de gerar uma “vaca-jegue” devido a divergência dos cromossomos. Coelhinha ainda recebeu convite para participar do próximo ensaio da Playboy, brinca o fazendeiro.

E não para por aí, Coelhinha passa por uma gestação atualmente com 6 meses. Como será o filhote dessa mascote? Um jegue, ou uma vaca? Estamos na expectativa. (Blog do Valente)

'Coelhinha' tem corpo de bovino e cabeça de equino
(Foto: Reprodução)
'Bandeirão' é a vaca que deu à luz 'Coelhinha'
(Foto: Reprodução/ TV Bahia)




Comente com o Facebook:

Postar um comentário

0 Comentários