LOGO 2 BLOG







Saiba como é possível instalar o novo aplicativo do auxílio emergencial


Um novo aplicativo foi disponibilizado para os beneficiários do auxílio emergencial. O novo app está disponível no site auxilio.caixa.gov.br ou pelo APP Caixa, para sistemas IOS e Android. Os usuários podem adquirir o novo programa gratuitamente.

Confira abaixo o passo a passo de como instalar e se cadastrar:

  • Ao instalar o aplicativo, clique em “Realize sua solicitação” do auxílio emergencial;
  • Na tela seguinte, confira se possui os requisitos necessários;
  • Se estiver apto, clique em “Declaro que li e tenho ciência que me enquadro em todas as condições acima.” e em “Autorizo o acesso e uso dos meus dados para validar as informações acima”;
  • Em seguida, para prosseguir com o cadastro, clique em “Tenho os requisitos, quero continuar”;
  • Na próxima tela, informe seus dados completos e clique em “Não sou um robô” e em “Continuar”;
  • Após finalizar o cadastro, a solicitação do benefício poderá ser acompanhada, consultando no próprio site ou aplicativo.

Em casos de dúvidas, a central telefônica 111 da Caixa estará disponível.

Quem precisa baixar o aplicativo?

Precisam se cadastrar pelo aplicativo os informais que não estão inscritos no CadÚnico (Cadastro Único), não beneficiários do Bolsa Família, contribuintes individuais do INSS e os MEIs (Microempreendedores Individuais).

  • Para baixar o aplicativo para celulares Android
  • Para baixar o aplicativo para iOS

Volta do auxílio emergencial para 2021

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que existe a possibilidade do governo federal realizar uma nova prorrogação do auxílio emergencial, benefício concedido em 2020 aos trabalhadores informais que foram afetados pela pandemia do coronavírus.

“Eu acho que vai ter uma prorrogação. Você pode ver: foram cinco meses de R$ 600 e quatro de R$ 300. O endividamento chegou na casa de R$ 300 bilhões. Isso tem um custo. O ideal é a economia voltar ao normal”, informou o presidente durante entrevista à TV Band.

O presidente voltou a tocar no assunto do endividamento do benefício e disse que é necessário se preocupar com o gasto público. O auxílio emergencial  beneficiou um total de 68 milhões de brasileiros em 2020, gerando um gasto de mais R$ 300 bilhões.

auxílio emergencial

Comente com o Facebook:

Postar um comentário

0 Comentários