LOGO 2 BLOG






Nascar: acidente após bandeirada acaba com carro explodindo no alambrado


Foram 400 milhas de corrida. Mas foi um episódio ocorrido depois da bandeirada que marcou a prova da categoria principal da Nascar deste domingo, no tradicional oval de Daytona, nos Estados Unidos. Um acidente assustador terminou com o carro de Austin Dillon, que havia terminado em sétimo, explodindo no alambrado após a linha de chegada.
- Estou chocado de Austin Dillon estar vivo. Eu vi no espelho e, cara, eu esperei pelo pior quando voltei. Infelizmente, com a energia do impacto, alguns destroços voaram no público. Mas estou feliz de saber que foram apenas ferimentos leves – disse um assustado Jimmie Johnson, hexacampeão da categoria.
O carro #3, do americano de 25 anos, ficou completamente destruído, assim como o alambrado, derrubado com a força do impacto. Preocupados, os fiscais de pista correram para socorrer o piloto. Mas para a surpresa geral, apesar das imagens impressionantes, Dillon saiu do carro andando, sem nenhum ferimento e ainda acenou para o público, que foi ao delírio. No entanto, destroços dos carros e do alambrado voaram na arquibancada. De acordo com o presidente do circuito, Joie Chitwood, oito torcedores, com ferimentos leves, recusaram atendimento, quatro foram tratados no local e um foi levado a um hospital, tendo sido liberado horas depois.
- Estou orgulhoso do serviço de emergência ter agido rapidamente após o acidente. E muito feliz que o alambrado e os aparelhos de segurança tenha funcionado adicionais tenham feito seu trabalho - disse o presidente do oval.
Tudo aconteceu depois de um toque do líder do campeonato, Kevin Harvick, no terceiro colocado da corrida, Denny Hamlin, a poucos metros da bandeirada. O piloto do carro #11 rodou e cruzou a linha de chegada de lado. Como o pelotão estava muito próximo em razão de uma bandeira amarela a poucas voltas do fim, o incidente provocou um efeito em cascata, envolvendo vários carros, o chamado "Big One", e culminando com Dillon sendo catapultado e arremessado contra o alambrado. A prova foi vencida por Dale Earnhardt Jr., seguido por Jimmie Johnson. Mesmo rodando, Hamlin chegou em terceiro. - Eu não ligava para nada até saber se ele estava OK. Estava à beira das lágrimas - desabafou um impressionado Earnhardt Jr, vencedor da prova, preocupado com a saúde de Dillon. Após 17 corridas disputadas, Kevin Harvick lidera com 656 pontos, seguido por Dale Earnhardt Jr (593) e Jimmie Johnson (589). Restam 19 provas para o fim do campeonato. (Globo Esporte) Assista vídeo abaixo:

Comente com o Facebook:

Postar um comentário

0 Comentários