LOGO 2 BLOG






MST ocupa prefeitura de Tapiramutá


Na manhã desta quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015, vários integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) ocuparam a Prefeitura Municipal de Tapiramutá.

Segundo Édio, dirigente estadual do MST, eles estão cobrando saúde, educação, entre outras demandas para melhorar a qualidade de vida das famílias nos assentamentos e acampamentos. “Cobramos equipe de saúde, energia, poço artesiano, calçamento, saneamento básico, escola, entre outras demandas", disse Édio. A direção da Brigada Irmã Dorothy, regional da Chapada Diamantina, já encaminhou ofícios em 2013 e 2014 para a prefeitura, mas não teve resposta. 

O grupo invadiu a prefeitura por volta das 10h30min da manhã e só desocupou por volta das 14 horas, depois que o prefeito conversou com uma comissão e prometeu ir ao acampamento 2 de Julho nesta quinta-feira (12) para conversar melhor com a direção da Brigada Irmã Dorothy.

No município de Tapiramutá tem um acampamento e dois assentamentos. O acampamento 2 de Julho, no povoado de Volta Grande, tem 18 famílias. Cerca de 100 famílias estão acampadas no acampamento da Fazenda Santa Isabel. No assentamento 19 de Março, na Fazenda Boa Esperança, próximo ao povoado de Placas, são 25 famílias.



De acordo com Édio, um ônibus com 45 pessoas deste irá para Feira de Santana no dia 08 de março, com objetivo participar de uma marcha que acontecerá de Feira de Santana a Salvador. (Agmar Rios Notícias)

Comente com o Facebook:

Postar um comentário

0 Comentários