LOGO 2 BLOG







Pará: Navio com 5 mil cabeças de gado naufraga em porto


                              

Um navio que fazia o carregamento de 5 mil cabeças de boi naufragou na manhã desta terça-feira no maior porto do Pará, o Porto de Vila do Conde, às margens do Rio Pará no município de Barcarena, distante cerca de duas horas da capital. Ele faz parte do Arco Norte, composto também pelos portos de Itacoatiara (AM), Santarém (PA), Itaqui (MA), Salvador (BA) e Ilhéus (BA).

A embarcação Aidar, de bandeira Libanesa, da Exportadora Minerva sairia com destino à Venezuela. Ela estava atracada, mas tombou para cima do cais após o carregamento. Ainda não se sabe as causas do acidente. Nas imagens que circulam pela internet, os animais aparecem tentando sair da embarcação pela lateral do navio que já estava quase completamente submerso. As imagens aéreas já mostram vazamento de óleo no rio. Além disso, foi possível identificar animais que tentavam fugir do acidente sendo mortos nas beiras do rio por moradores ribeirinhos das proximidades.

A Capitania dos Portos da Amazônia Oriental (CPAOR) informou em nota preliminar que foi notificada por volta das 8 horas e que não há notícia de vítimas humanas. Uma equipe do Grupo de Vistoria e Inspeção da Capitania também foi enviada ao local para apurar informações preliminares que devem auxiliar no Inquérito sobre Acidentes e Fatos da Navegação, com prazo de conclusão de 90 (noventa) dias. A Companhia Docas do Pará (CDP), responsável pela administração do porto, ressaltou que estão envolvidos os órgãos como Capitania dos Portos, Bombeiros e Polícia Federal, para trabalhar no resgate de animais e na apuração das causas do acidente. (Diário de Pernambuco

                             


CONFIRAM NO VÍDEO ABAIXO



Comente com o Facebook:

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Realmente muito triste isso, já fiquei imaginando os animais morrendo ao ler a matéria e agora que cheguei no final fiquei com mais remoço ainda por ver o vídeo... 59 segundos agonizantes para gente que só está assistindo do lado de cá, imagina como está quem está lá presente ou a agonia dos próprios animais tentando se salvar e sendo pisoteados, imprensados etc.

    ResponderExcluir

Os comentários não representam a opinião do blog e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação.